quarta-feira, 23 de abril de 2014

Baço Pâncreas e a Tristeza


Continuando com a nossa série de Emoções e Doenças vou falar hoje do Baço/Pâncreas e a Tristeza. 
Pra  quem não sabe Pâncreas é responsável pela produção da Insulina, que por sua vez regula a Diabetes, portanto, quando o Pâncreas não está funcionando direito o Risco do Surgimento do Diabetes é Maior. 

Não sei se você já ouviu está expressão, mas dizem que a Diabetes é a Doença de quem está triste, sem motivação para viver. E faz sentido, se pararmos pra pensar que nos dá energia é o Carboidrato. E o que exatamente a ocorre quando a pessoa Adquire a Diabetes? A metabolização (ou seja, a digestão) dos carboidratos é prejudicada e a pessoa tende a ficar mais cansada, com menos pique para fazer suas atividades. 


          http://iluminareluminariascontemplativas.blogspot.com.br/

E ai ocorre um ciclo: 

Tristeza --> Prejuízo no Pâncreas --> Falta de disposição --> Mais tristeza --> Prejuízo no Pâncreas --> e assim consecutivamente. 

Como todas as glândulas, o pâncreas depende das condições emocionais e psicológicas da pessoa, fatores responsáveis por seu bom ou mau funcionamento. A disposição do indivíduo em aceitar com doçura as coisas que ocorrem em seu meio é a condição básica para um perfeito funcionamento do pâncreas. O ser que se desencantou com tudo à sua volta vive hoje numa recusa em acatar atitudes e fatos, permanecendo indiferente ao que estejam fazendo. Essa perda de vitalidade se reflete na dificuldade de assimilação do Carboidrato pelo organismo.

A carência de carboidratos resulta em perda de vitalidade física, expressando a falta de motivação para agir diante das contrariedades. Essa pessoa passa a ver a vida com acentuada desconfiança, pessimismo e amargura, chegando a perder a própria alegria de viver, como veremos mais adiante, na diabetes. Esse estado em que se encontra termina por reduzir a secreção pancreática. Essa insuficiência também é decorrente das críticas guardadas para si e nunca externadas.

Como Se prevenir e Melhorar o Funcionamento do Pâncreas:
Como vimos até aqui, absorver alegremente os acontecimentos de nosso meio constitui-se em fator fundamental para um perfeito funcionamento do pâncreas. Para que isso ocorra, o humor passa a ser ferramenta de base para se tirar proveito de situações contrárias.

Encarar os desafios com alegria favorece um maior fluxo de vida, suavizando complicações do dia-a-dia. Aquele que não se permite contagiar pelo negativismo ou derrotismo dos que o cercam retira sempre o melhor que a vida pode lhe proporcionar.
O otimismo, enfim, regula a função metabólica do pâncreas, resultando em saúde e vitalidade física. Ao contrário, o pessimismo é o "pivô" da redução nas funções pancreáticas.
           http://iluminareluminariascontemplativas.blogspot.com.br/


E em relação a Alimentação?
Como já disse aqui várias vezes, uma alimentação equilibrada, rica em alimentos integrais, verduras, legumes, frutas, grãos, e Água é Fundamental. Sempre de forma equilíbrada, não adianta comer tudo de uma vez, não é mesmo?!

Na medicina chinesa, existem um foco nos alimentos que ajudam a Tonificar este orgão, estes alimentos são:
Abóbora,
Açúcar mascavo,
Alho,
Amendoim, 
Berinjela,
Canela em pau,
Castanhas,
Cenoura,
Cravo,
Figo,
Gengibre,
Inhame,
Manjericão,
Mel,
Noz moscada,
Pepino,
Anis estrelado,
Uva e vagem

Destes gostaria de destacar a Canela, que na Nutrição Funcional estudos já demonstraram que ela é uma aliada a redução da diminuição da absorção do Açúcar, ou seja é aliada a Diabetes, desta forma podemos associar a Nutrição Funcional à Medicina Chinesa.
gengibre, novamente na Nutrição Funcional relacionamos o gengibre a um equilíbrio no Processo Digestivo e a uma melhora geral do Corpo Humano, principalmente em relação a metabolização e absorção de nutrientes, portanto podemos Relacioná-lo a uma melhora da Diabetes também!
E o alho, um conhecidíssimo antioxidante, que quando consumido crú, reduz rio de doenças do coração, assim como a Diabetes!
O que eu acho mais Bacana é Conseguir associar as 2 ciências da Saúde e perceber que sempre há alguma ligação entre elas!!!

Um comentário:

Telma Della disse...

Nossa...se eu for computar toda a tristeza que senti de 5 anos prá cá...devo estar com meu pâncreas, coitado, sobrecarregado...Ainda bem que não tenho diabetes!

Seguidores