sexta-feira, 24 de outubro de 2014

PODER DE CURA DO LIMÃO

Se não está a incluir limões na sua alimentação talvez reconsidere depois de ler os muitos benefícios para a saúde do sumo, da parte branca e da casca dos limões.

Veja os 13 poderes de cura surpreendentes dos limões:
Limpeza intestinal: O sabor amargo do limão potencia os movimentos peristálticos – movimentos de contracção e relaxação dos intestinos – ajudando a eliminar resíduos e a regular o trânsito intestinal. Beba um pouco de água morna com sumo de um limão todas as manhãs em jejum.
Cancro: Os Limões contêm 22 componentes anti cancerígenos, incluindo limoneno, um óleo natural que reduz ou interrompe o crescimento de tumores cancerígenos. Contêm também uma substância chamada flavonol glicosídeos que interrompe a divisão das células cancerosas.
Constipações e Gripes: Os limões são ricos em vitaminas e flavonoides que funcionam em conjunto para combater eficazmente infecções.
Fígado: Sumo de limão fresco adicionado a um copo de água pela manhã desintoxica o fígado.
                    
Nutrição: Limões contêm vitamina C, ácido cítrico, flavonoides, vitaminas complexo B, cálcio, cobre, ferro, magnésio, fósforo, potássio e fibra.
Equilíbrio do metabolismo: A componente ácida dos limões interage com o metabolismo produzindo um efeito alcalinizante nos fluidos corporais, ajudando a restabelecer o equilíbrio do pH do organismo.
Alergias: Os limões contem o fitonutriente  hesperedina que comprovadamente alivia de forma eficaz os sintomas alérgicos.
Distúrbios no cérebro e sistema nervoso: O potente fito nutriente tangeretina contido na casca do limão tem demonstrado benefícios em distúrbios cerebrais como a doença de Parkinson.
Distúrbios de visão: A rutina, encontrada nos limões, tem sido apontada em investigações como responsável pela melhoria de sintomas de doenças dos olhos, incluindo retinopatia diabética.
Anti-Viral: Para além de ser eficaz contra as gripes e constipações, o terpeno limonóides contido nos limões tem feitos antivirais comprovados em outros tipos de vírus.
Diabetes: Para além de melhorar problemas de visão associados a diabetes, os limões contem contêm hesperedina que reduz consideravelmente os níveis de açúcar no sangue, quando elevados.
Vesicula biliar e pedras nos rins: O ácido cítrico contido no limão ajuda a dissolver cálculos biliares, depósitos de cálcio e pedras nos rins.
Anti-envelhecimento: A vitamina C contida nos limões ajuda a neutralizar os radicais livres relacionados com o envelhecimento e outros tipos de doenças.

Pólen apícola: benefícios que vão além do mel

polen-apicola-para-a-saude-2.jpgTHINKSTOCK
Nem só o mel e a geleia real são produtos benéficos para a saúde: o pólen apícola, que serve de alimento para as abelhas e é retirado das colmeias, é uma fonte importante de muitos nutrientes.

O que é pólen apícola?

O pólen apícula é o alimento das abelhas. Ele é retirado das flores e levado até as colmeias, em diversas viagens durante o dia. A retirada é feita por apicultores e, evidentemente, não é completa; já que os bichos precisam dele para se manterem nutridos e vivos.

Propriedades do pólen apícola

O pólen apícola também é conhecido como "bifinho verde" (em referência à carne), por conter grandes quantidades de proteína, lipídeos e vitaminas antioxidantes. Por isso, ele está associado à nutrição e à alimentação como um reforço para o organismo e seu sistema imunológico.
polen-apicola-para-a-saude-1.jpgTHINKSTOCK

Como consumir o pólen apícula?

pólen pode ser consumido como um cereal, seguindo a recomendação de um nutricionista. Entretanto, na  Universidade de Taubaté, já são desenvolvidas receitas de biscoitos, molhos para saladas e como complemento para seletas de frutas.

Benefícios do pólen

Por isso, incluir o pólen na alimentação irá oferecer inúmeros benefícios. A nutricionista funcional Alessandra Almeida, da Clínica Andrea Santa Rosa, no Rio de Janeiro, lista alguns: essencial para o metabolismo e sistema nervoso central, protege o organismo contra a ação dos radicais livres, acaba com desejos por outros alimentos mais gordurosos, fortalece o sistema imunológico, ajuda a fixar o colágeno na pele, e muito usado como estimulante e afrodisíaco.


                                        PROMOÇAO DE NATAL CLIQUE E CONFIRA

5 dicas para aumentar a disposição ao acordar

aumentar-a-disposi%C3%A7%C3%A3o-2.jpg

THINKSTOCK
Principalmente para quem acorda cedo, sentir-se disposto logo pela manhã parece um sonho distante. Entretanto, com alguns hábitos, é possível melhorar a sensação e ser mais produtivono começo do dia. Confira:
Dicas para se sentir mais disposto

Evite acordar atrasado

O estresse de acordar atrasado e precisar desempenhar atividades com pressa acaba se prolongando por toda a manhã, gerando irritabilidade. Para evitar que aconteça, evite ativar o modo "soneca" do despertador e levante logo que tocar.

                                            NATAL ILUMINADO É NA ILUMNARE CLIQUE E CONFIRA

Tome um bom café da manhã

Alimentar-se bem é fundamental para ter disposição ao longo do dia e, principalmente, logo em suas primeiras horas. Faça questão de tomar um bom café da manhã com calma.
aumentar-a-disposi%C3%A7%C3%A3o-1.jpgTHINKSTOCK

Pratique uma atividade física

Praticar atividades físicas pela manhã é muito saudável e ainda ajuda a acelerar a mente e o metabolismo. Além disso, os exercícios ainda ajudam a liberar hormônios de relaxamento e bem-estar.

Tome um banho revigorante

Tomar banho logo pela manhã também ajuda a dar vitalidade ao corpo. Aposte em sabonetes e cremes com aromas cítricos, que ajudam na sensação de estar bem acordado.

Organize uma lista de tarefas

A melhor maneira de produzir mais, além de evitar a procrastinação, é organizar listas de tarefa. Por isso, anote em ordem de urgência o que precisa fazer durante o dia e adiante o que puder de manhã. O resultado é a ótima de sensação de dever cumprido e disposição.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

OS 7 HÁBITOS DAS PESSOAS MUITO FELIZES



As pessoas felizes fazem-no
As pessoas muito felizes tem em comum hábitos felizes. É tão simples quanto isso. As pessoas mais felizes tem sete hábitos óbvios. Se pretende expandir a sua felicidade considere adotar alguns destes hábitos na sua vida.
1. Faça parte de algo em que acredita.
Pode ser qualquer coisa. As pessoas podem ter um papel ativo na sua comunidade, encontrar refúgio na religião, participar num clube social, apoiar causas, ou encontrar paixão e missão na sua carreira profissional. Em cada caso, o resultado fisiológico é o mesmo. Envolver-se em algo que acredita fortemente traz felicidade e significado à sua vida.
2. Passar tempo com amigos e família.
Uma vida feliz é uma vida partilhada com amigos e família. Quanto mais fortes as relações pessoais e maior a frequência das interações, mais feliz será.
3. Refletir sobre o bem.
Muitas vezes as pessoas concentram demasiada atenção nos aspetos negativos da vida e não deixam espaço para refletir positivamente sobre o seu sucesso. É natural que uma pessoa queira corrigir circunstâncias indesejáveis e focar-se em melhorá-las mas deve haver um equilíbrio saudável na distribuição de consciência pessoal. É importante refletir conscientemente sobre o bem enquanto se esforça para corrigir o mal. Uma contínua consciencialização dos seus sucessos pode ter um efeito notoriamente  positivo sobre sua felicidade emocional.

                                     CLIQUE E CONFIRA O NATAL ILUMINADO É NA ILUMINARE
4. Explorar os seus próprios recursos.
Uma pessoa comum fica geralmente muito admirada quando vê alguém com deficiências físicas com sinais de felicidade emocional. Como é possível alguém com uma condição física tão restritiva ser feliz? A resposta baseia-se na utilização dos recursos que cada um possui. Stevie Wonder não conseguia ver, então explorou a sua audição desenvolvendo a sua paixão pela música com o sucesso que todos conhecemos.
5. Criar finais felizes, sempre que possível.
O poder dos finais é notável. O final de qualquer experiência tem um impacto profundo na perceção global da experiência como um todo. Pense em ler, por exemplo, um bom romance, bem escrito e interessante. Agora imagine que o final é desastroso. Mesmo que a história seja cativante, recomendaria o livro a um amigo? As pessoas lembram-se sempre do final. Se o final é feliz, a experiência cria felicidade. Agarre as pontas soltas, crie boas recordações e proporcione finais felizes sempre que possa.
6. Utilize as suas capacidades para fazer as coisas.
Todos nós possuímos  pontos fortes. Todos temos talentos e habilidades próprias. A felicidade emocional vem naturalmente ao encontro daqueles que usam as suas forças para fazer as coisas acontecerem. A sensação de conclusão cria sempre uma sensação de realização. Se essa realização se baseia na sua própria capacidade pessoal, as recompensas fisiológicas são inimagináveis.
7. Saborear a alegria natural dos prazeres simples.
As melhores coisas da vida são grátis. Elas vêm em forma de simples prazeres e surgem mesmo à nossa frente em locais e momentos inesperados. São regidos pela mãe natureza e capturados pela nossa consciência presente. É tudo uma questão de parar um momento para observar a cor de laranja do sol refletida no mar, enquanto está de mãos dadas com alguém que realmente ama. Observando estes momentos e participando neles regularmente trará imprevisíveis explosões de felicidade na sua vida.
Partilhe connosco o que o faz feliz.


                                     CLIQUE E CONFIRA NOSSAS PROMOÇÕES DE NATAL

10 Segredos de longevidade


O Dr. Deepak Chopra prescreve 10 regras simples para envelhecer com saúde e felicidade, no seu”livro mais optimista” Ageless Body, Timeless Mind - A Quantum alternative to growing old.” Aqui vai a nossa interpretação:
1.      Optar por alimentos frescos, comer pouco, beber líquidos saudáveis, abster-se de estimulantes e de sedativos e caminhar uma vez por dia.
2.      Manter um elevado nível de higiene pessoal, apanhar ar fresco e luz solar, descansar, ter tempo para lazer agradável e para passatempos que dêem prazer.
3.      Fazer exercício, meditar, praticar o controle da respiração (pranayam) e o yoga, estar atento aos sinais de conforto e desconforto do corpo.
4.      Trabalhar o relacionamento de longa duração para conseguir um casamento feliz. Rir muito e com vontade, fazer amigos e manter os que lhe são mais próximos.

                                                          CLIQUE E CONFIRA NATAL ILUMINADO E NA ILUMINARE
5.      Escolher uma ocupação agradável, ir de férias todos os anos, ser optimista relativamente ao futuro, sentir-se financeiramente seguro e viver dentro das possibilidades.
6.      Desenvolver uma personalidade descontraída, cultivar o comportamento não violento e ter respeito pela vida.
7.      Viver em clima ameno, exercer uma boa vida sexual e, em caso de doença, escolher o tratamento médico mais adequado.
8.      Viver o presente - aceitar o que a vida lhe traz, apreciando, aprendendo e deixando andar. Resistir ao natural desenrolar das coisas causa emoções negativas.
9.      Desistir da aprovação dos outros, evitar julgamentos, substituir comportamentos motivados pelo receio pelos motivados por amor, nutrir emoções positivas expressando-as livremente.
10.  Ter sempre presente que o mundo exterior é um reflexo da nossa inteligência mais profunda – O nosso “eu” real está dentro de nós.

                                                                   CLIQUE AQUI E CONFIRA NOSSAS PROMOÇÕES

15 maneiras de alimentar a alma

Cada vez mais tentamos fazer maior número de actividades ao longo do dia, só que muitas delas não são boas nem para saúde nem para a alma
Sugestões de Michelle Cook para alimentar a nossa alma e vivermos mais felizes:


                                             NATAL ILUMINADO E COM A ILUMINARE
  1. Prepare um chá, sente-se com um livro ou com uma revista e simplesmente faça uma pausa. Mais em Benefícios do chá para a alma
  2. Sorria. Mesmo que não queira. Sorrir faz com que o nosso cérebro acredite que estamos felizes.
  3. Telefone a um amigo com quem não fala há muito tempo (alguém com atitude positiva que faça com que se sinta bem).
  4. Faça uma coisa simpática por alguém. Por vezes, fazer uma boa acção pode trazer tanta alegria a quem dá como a quem recebe. Pode doar alguma coisa para a caridade, dar roupa que já não usa, doar cobertores para um abrigo animal, pagar um café a um estranho, doar livros para a sua biblioteca local e muito mais.
  5. Cuide de um jardim mesmo que não tenha um. Encontre uma maneira de se juntar a ou de iniciar um jardim comunitário. Mesmo que tenha apenas uma varanda, pode criar flores em vasos.
  6. Faça uma caminhada. Escolha um caminho diferente do habitual.
  7. Vá até um parque ou faça um percurso pedestre. Faça um piquenique ou goze uma pausa num banco de jardim.
  8. Dê um abraço a alguém de quem goste e diga-lhe quão importante ela é para si.
  9. Cante… apenas pelo prazer. Mesmo que pense que não sabe cantar, faça-o na mesma. Libertar a voz é uma boa maneira de curar a alma.
  10. Diga “obrigado” às muitas pessoas que o ajudam ao longo do dia, quer se trate de uma empregada de balcão, de alguém que ajude a levar os seus sacos, de um professor ou de uma criança. Mostre sempre a sua gratidão.
  11. Veja sempre o lado positivo do dia-a-dia. É surpreendente a quantidade de pessoas que parecem procurar coisas para se poderem queixar. Pare de olhar para o lado negativo das coisas.
  12. Escreva uma carta. Não apenas um e-mail, uma boa carta à antiga para um amigo ou familiar. Receber uma carta de alguém pode alegrar o dia.
  13. Desligue a televisão e ouça música. Apesar de haver muito bons programas, muitas horas à frente da televisão podem desgastar a alma.
  14. Melhor ainda, faça uma pausa dos media. Desligue o computador, o telemóvel, o Blackberry, Ipad e os muitos outros aparelhos dos quais muitas vezes dependemos.
  15. Experimente dedicar-se a uma arte ou a trabalhos manuais: pintura, cerâmica, escultura, tricot, decoração de bolos, fabrico de pão ou qualquer outro passatempo que liberte a sua mente do dia-a-dia, ajudando-o a desenvolver a sua criatividade.
                             CLIQUE E CONFIRA NOSSAS PROMOÇÕES DE NATAL


8 Formas da meditação mudar a sua vida


Não conseguimos imaginar a vida sem meditação. Tem-nos acompanhado ao longo do tempo, assegurando a sanidade, sensatez e consciência. A vida já tem desafios que cheguem: não sabemos o que nos vai acontecer no dia seguinte e só quando o nosso espírito está límpido e focado, conseguimos tomar as melhores decisões

Como lidar com a loucura e caos do dia-a-dia? Como lidar com os desafios? A meditação é pouco compreendida e desvalorizada até, talvez em resultado da nossa insanidade. Em que medida a meditação nos afecta? Em que medida muda as nossas prioridades, nos aproxima de nós próprios e responde às nossas questões?
Veja estas 8 formas em que a meditação pode dar significado à sua vida e torná-la mais gratificante
1. Viver com bondade
Ninguém mais do que você próprio merece bondade e compaixão. Sempre que estiver em sofrimento, sempre que toma uma decisão errada, diz algo estúpido, está prestes a desvalorizar-se, sempre que pensa em alguém com quem está a passar um mau bocado, sempre que se sente confuso, sempre que vê alguém em dificuldades, zangado ou irritado, pode parar e trazer amor, bondade e compaixão. Respirando suavemente, repita silenciosamente: Quero ficar bem, quero ficar feliz, estou cheio de amor e bondade
2. Ficar mais leve
Numa situação de stress, é fácil perder o contacto com a bondade e a paz interior; num estado de relaxamento a mente está límpida e é possível ligar-se a um sentimento de propósito e altruísmo. Quer meditação quer medicação derivam da palavra latina medicus, ligada a curar ou cuidar. Um período de calma e sossego é, portanto, o remédio mais eficaz para uma mente ocupada e sobrecarregada. Sempre que sentir o stress a aparecer e a mente a ficar oprimida, traga a sua atenção para a respiração e repita a cada inspiração e expiração: Inspirando, aclamo o corpo e espírito; expirando, sorrio.

                                                                         NATAL ILUMINADO E NA ILUMINARE
3. Pensar menos em nós próprios
A quietude está sempre entre pensamentos, por detrás da história, para além do ruído. O que nos impede de sentir o nosso ser no estado natural é a habitual forma de pensar dominada pelo ego. A meditação permite-nos ver de forma clara, testemunhar os pensamentos e comportamentos e aumentar o distanciamento. Sem esta prática de auto reflexão não há forma de travar as exigências do ego. Em vez de focados em nós, podemo-nos focar nos outros, preocupados com o bem estar geral
4. Dissolver a raiva e o medo
Não é fácil aceitar libertarmo-nos dos sentimentos negativos, é mais fácil recalcá-los e renegá-los. Mas quando os negamos, provocamos vergonha, raiva e ansiedade. A meditação convida-nos a abertamente enfrentar estes lugares e verificar como o egoísmo, aversão e ignorância criam dramas e temores. Por detrás, está a quietude onde pode conhecer-se a si próprio de forma maravilhosa e empolgante. Quer seja por 10 minutos, quer seja todo o dia, liberte-se das limitações ao mesmo tempo que se abre à aceitação e consciência de si próprio.
5. Despertar o perdão
O perdão é a melhor coisa que pode dar a si próprio e aos outros. Quando se senta para meditar e observar os pensamentos e sentimentos, consegue ver que o que é agora, é diferente do que era há uns momentos, dias ou semanas atrás. Quem você, ou outra pessoa, era no momento em que foi causada dor já não é quem é agora. Quando toma contacto com as suas ligações essenciais, consegue ver que ignorá-las cria separação e sofrimento, pelo que o perdão dessa ignorância surge espontaneamente.
6. Gerar a bondade
Simplesmente através da intenção de causar menos dor, consegue trazer mais dignidade ao mundo, substituindo a ofensa por bondade e o desrespeito por respeito. A dor é causada normalmente sem intenção, ou seja porque os sentimentos de alguém foram ignorados, ou porque nos desvalorizamos, desleixamos a aparência, ou nos vemos como incompetentes. Qual a quantidade de culpa ressentimento e vergonha que conservamos e que perpetuam a dor? A meditação permite a transformação através do reconhecimento da bondade essencial e da preciosidade da vida.
7. Apreciar a gratidão
Dedique um momento a apreciar a cadeira onde está sentado. Pense como foi feita: madeira, tecido, fibras, árvores e plantas utilizadas, a terra que alimentou as árvores, o sol e a chuva, os animais que talvez tenham dado as suas vidas, as pessoas que prepararam os materiais, a fábrica onde a cadeira foi feita, o designer, o carpinteiro, a loja que a vendeu. Tudo isto para que você esteja sentado aí e agora. Agora estenda a sua profunda gratidão a tudo e todos na sua vida
8. Estar consciente
A consciência é questão chave para o despertar. Através da consciência consegue ver os equívocos da sua mente e toda a confusão que geram. Quase tudo o que fazemos é para conseguir algo: se fizermos isto, obtemos aquilo, se fizermos aquilo, acontece qualquer coisa. Mas em meditação apenas faz. Não há outro propósito para além de estar aqui no momento
presente sem pretender alcançar isto ou aquilo. Está apenas consciente do que está a acontecer, quer seja agradável ou não. Não há julgamento, nem certo, em errado. Simplesmente consciência. Desfrute!.
A meditação contribui para a sua vida? Deixe-nos o seu comentário.

                                                        CLIQUE E CONFIRA NOSSAS PROMOÇÕES DE NATAL
Adaptado de: 8 ways meditation can change your live by Ed and Deb Shapiro at www.care2.com


15 COISAS QUE AS PESSOAS EMOCIONALMENTE FORTES NÃO FAZEM



não tem problema em dizer não
Há aspectos particulares da nossa força mental que são determinantes para termos ou não uma vida boa.  Existem vários níveis da nossa força mental e todos são necessários para termos sucesso e sermos felizes.  A que tem maior impacto é a força emocional.
As emoções fazem parte, claro, da nossa componente psíquica, no entanto distinguem-se das restantes qualidades mentais  porque influenciam directamente o corpo físico. Afectam a forma como o corpo funciona e determinam cada uma das nossas acções. Sem emoções, não teríamos razões para agir nem para fazer o que quer que seja por nós próprios.As emoções são as nossas maiores motivações. Infelizmente, conseguem motivar-nos para direcções por vezes não as melhores. Por esta razão, a força emocional é tão essencial. Há muitas situações que as pessoas emocionalmente fortes evitam. Veja estas 15:
  1. Não pedem atenção. 
Precisar de atenção está directamente ligado a emoções. Os que sentem necessidade de reconhecimento, apenas se sentem válidos quando os outros os fazem sentir necessários. É como se essas pessoas não estivessem seguras do seu valor. Sentir-se inseguro do seu valor é meio caminho para o não reconhecimento. Se não sentimos que somos importantes, os outros tambem não o vão sentir.  
2.     Não permitem que os outros as rebaixem.
Força emocional requer resilência. O mundo está cheio de gente negativa, invejosa e ciumenta. Infelizmente muitas vezes os que nos rebaixam são os que estão mais perto de nós. A melhor solução é livrarmo-nos dessas pessoas, mas é também a mais dificil. Se conseguir remover essa gente da sua vida é menos um problema emocional.    
3.     Não guardam rancores.
Se guarda rancor está a dar mais importâmcia do que devia a um assunto. Se uma pessoa pede desculpa genuinamente, perdoe de imediato. Se não pedir desculpa, não interaja mais com ela, mas não guarde rancor. Se continuar a dar-se com essa pessoa, vai fazer-lhe mais mal do que bem.
4.     Não param de fazer as suas coisas.
As pessoas emocionalmente fortes fazem o que fazem porque adoram fazê-lo. Não lhes passa pela cabeça abrandar ou parar por alguém que considera a sua felicidade inapropriada.
5.     Não deixam de acreditar em si próprias.
Os que gostam de si próprios, percebem-se a si próprios, não tem medo e tem orgulho de si próprios nunca duvidam deles próprios. Sabem quanto valem, nem um tostão a mais, nem a menos.

                                                      NATAL E NA ILUMINADO E COM A ILUMINARE 
                                          CLICA E VEJA NOSSAS PROMOÇÕES DE NATAL

6.     Não são sacanas, nem idiotas.
Há pessoas más, sim, e perguntamo-nos porquê. Ser mau só serve como factor intimidante. Se quer intimidar, é preferível negociar. Se está a intimidar apenas por prazer, obviamente está a compensar uma falta de auto confiança.
7.     Sabem muito bem como não deixar os outros interferir na sua vida.
Os emocionalmente fortes são fortes por uma razão: Não se expoem a pessoas que destroem as suas defesas e esmagam a sua moral.  Muitas pessoas sentem-se perdidas e adoravam levá-lo com elas. Não deixe que lhe arruinem a felicidade.
8.     Não tem medo de amar.
Se tem medo de amar , não confia suficientemente em si próprio. Obviamente não deve manter um relacionamento condenado ao fracasso. E tambem não quer ser outra vez magoado, porque ser magoado não é agradável. Não há razão para ficar destroçado quando se tem confiança em si próprio. Se as coisas não dão certo, não é você, são os dois que não dão certo. A menos, claro, que seja uma pessoa horrível. Aí é mesmo você.
9.     Não ficam na cama, com medo de enfrentar o dia.
A melhor parte do dia devia ser quando acorda e realiza que está vivo. Tomamos a vida como garantida demasiadas vezes.
10. Não tem medo de abrandar.
As pessoas emocionalmente fortes não sentem necessidade de acção e excitação constantes. Não precisam de passar o dia a correr a fim de evitar os seus demonios. Apreciam um momento tranquilo, porque os aproxima do sentimento de não fazer nada senão viver e respirar.
Não significa que não apreciam excitação na vida, mas não são aditos a ela. Ficam mais do que felizes em dar um simples passeio e cheirar flores.
11.     Não fazem coisas que não querem fazer.
Todos nós fazemos coisas que não adoramos, mas não deviamos fazer o que não queremos fazer. As pessoas emocionalmente fortes percebem isso e quase sempre arranjam forma de se focarem no que gostam de fazer e, por acrescimo, no que precisa de ser feito. Apesar de não apreciarem cada minuto do que estão a fazer, valorizam o que estão a fazer porque os aproxima mais do que reamente adoram fazer.
12.     Não tem problema em dizer “Não”.
Se não consegue dizer “não”, as pessoas vão abusar de si. Será visto como um tarefeiro e ninguém lhe vai perguntar a opinião ou sequer levá-lo a sério quando a der. Dizer “não” lembra às pessoas que não tem controlo sobre si.
13.     Não se esquecem de dar.
Nunca estamos demasiado ocupados ou demasiado pobres para doar tempo ou dinheiro. Muita gente opta por ignorar as suas responsabilidades como seres humanos. Quanto mais forte emocionalmente for, mais aprecia os outros e a vida em si. Valoriza mais a vida e começa a empatizar com os que tem pior sorte.
14.    Não sentem que precisam ser aceites.
Quanto mais forte emocionalmente for, mais independente fica. Não sente a necessidade de ser aceite, porque é aceite onde interessa ser: no Mundo. Pessoas de grupos socais pequenos são muitas vezes estranhas e pouco saudáveis. Querer ser aceite não é mais do que “Tenho medo de ser eu próprio”.
15. Não esquecem que ser feliz é uma opção.
Muito importante: as pessoas emocionalmente fortes aprenderam a perceber o poder que o cérebro tem sobre a mente e o corpo. Percebem que as emoções são reacções, não reacções a causas físicas directas, mas à forma como percepcionam essas causas.  Por outras palavras, as nossas emoções não reflectem realidades, as nossas emoções reflectem a forma como interpretamos a realidade. Perceber isto dá-nos controlo quase absoluto das nossas emoções e portanto das nossas vidas.]

Seguidores